O meu livro de cabeceira…

Agora, todas as noites, agarro no meu livro de cabeceira, O Mente Sã Corpo São, é de um tal de Francisco Varatojo das macrobióticas! Disse-me a minha vizinha, que já foi lá ao consultório em Lisboa, e gostou muito, parece ser muito boa pessoa, ouço dizer maravilhas do senhor, bom, continuando, então sublinho no livro aquilo que sei me pode ajudar a melhorar a minha qualidade de vida. Na realidade, são as pequenas escolhas, que somadas, fazem toda a diferença. Por exemplo, acontece-me muitas vezes sentir-me ansiosa e apercebo-me, passado um bom bocado, de que não estou a respirar como deve de ser… tenho que me relembrar, várias vezes ao dia, de respirar mais profundamente, então, ontem sublinhei esta:

“Ki e Respiração.

(…) Por exemplo, um maior foco na inspiração faz a energia ki subir e sentirmo-nos mais criativos, ligeiros. Uma expiração mais longa reforça a vitalidade e a resistência, o controlo e a disciplina.

De uma forma geral, a nossa respiração deve dar um pouco mais de ênfase à expiração e ser mais centrada na zona abdominal.

Exercício

Sente-se direito  sem ficar tenso e sem se encostar às costas da cadeira.

Coloque as mãos no regaço: a mão esquerda sobre a direita.

Inspire e expanda a zona abdominal, expire e contraia-a. (De início terá provavelmente dificuldade, uma vez que a maioria das pessoas respira ao contrário.)

Faça o exercício lentamente, com uma expiração seis a sete vezes mais longa do que a inspiração (pode contar, o que também o ajudará a concentrar-se no exercício), durante alguns minutos.

Esta é uma prática excelente para realizar todos os dias, particularmente eficaz para aumentar a vitalidade e confiança, melhorar a digestão e as funções respiratórias.”

Anúncios

2 thoughts on “O meu livro de cabeceira…

  1. Não és só tu Marta. Também sofro de ansiedade aqui e ali.
    Então lembro-me que estou a prender a respiração e descontraio.
    Faço várias respirações longas e lentas, focando-me mais na expiração.
    Ao fim de algum tempo sou capaz de inspirar até sentir uma sensação de alívio e descompressão.

  2. Também partilho da opinião que tal de Francisco Varatojo é realmente uma pessoa inspiradora lol : ))!
    Esse livro cá em casa não tem sítio certo: ora na mesa de cabeceira, ora na bancada da cozinha, ora no “quartinho de meditação, yoga e do-in”… enfim um manual muito útil em diversas situações! Está todo sublinhadíssimo e é frenquentemente consultado, re-lido e posto em prática!

    PS – E a modelo dos exercícios de DO-IN também vai muito bem ; )

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s